Archive for outubro \15\UTC 2010

Pastores do mal e pastores do bem

outubro 15, 2010

Ninguem esperava que em 2010, no país conhecido internacionalmente como o país do sexo, carnaval, corrupção e mulher da bunda gostosa o tema religião fosse capaz de decidir uma eleição presidencial.
Não acho os brasileiros tão religiosas assim , mas atravez desse tema foi possivel ver quem é quem.

Praticamente tudo o que eu quero escrever esta nesse video anexado , então veja este video.

Quero também falar que nenhum filho da puta corrupto deve ser chamado de padre ou pastor, esses filhos da puta são apenas ladrões que usam o nome de Deus para se promover.

A bancada ” evangelica” no congresso é um eixo de ladrões aliados do governo Lula, filiados ao PR e empregados da Universal do Reino de Deus ou de algumas igrejas independentes que roubam seus fiíes e fazem com que muitas pessoas tenham uma pessima imagem sobre os pastores evangelicos.
A bancada evangelica está ausente de pastores de igrejas serias como batista, presbiteriana e metodista.

Dilma e Lula gravou videos com politicos evangelicos e cátolicos. Eles são todos corruptos e usam o nome de Deus para ganhar dinheiro.

Hoje podemos rotular e GENERALIZAR quem é pastor e quem é filho da puta.
Pastor não se vende e não apoia o PT e a segunda opção sim.

O mesmo críterio serve para os padres. Meu repudio também vai a um parlamentar padre petista que vive defendeno Cesare Batistti e o MST

Os 3 poderes em apenas 1

outubro 2, 2010

Existe ou não autonomia nos 3 poderes? Eu acredito que depois do impeachment de Fernando Collor em 1992 , aumentou muito a dependência do executivo ao legislativo, nunca mais vai existir um caso de impeachment no Brasil. Não estou defendendo Collor, não sou seu partidário , nunca votei nele e acredito que nunca vou votar. Nesta eleição quero que Collor não conquiste o governo de Alagoas. Porem reconheço que as irregularidades do governo Collor foram mínimas e insignificantes se compararmos com a corrupção do governo Lula.
Collor seria um santo, mas desde o impeachment de Fernando Collor de Mello, um recado foi dado em Brasília. O recado foi esse; quem quiser ficar no poder tem de dividir o bolo com o congresso.
Neste momento o PT esta tentando aumentar a sua base no congresso para evitar a negociação com os outros partidos do congresso e ter um governo mais autônomo. Isso não quer dizer menos corrupto, quer dizer menos negociável, menos fiscalizável e mais ditatorial. Assim o PT conseguiria caminhar mais rápido rumo ao objetivo da aliança internacional tratada no Foro de São Paulo , que é uma aliança entre os esquerdistas da America Latina para oficializar a Revolução Bolivariana.
Uma das estratégias petista é se aliar com coligações de candidatos bizarros que puxam muitos votos como o caso do Tiririca que ajudaria a levar 6 petistas do mensalão ao congresso nacional. O eleitor ao votar em Tiririca pensa que esta protestando contra os parlamentares corruptos quando na verdade esta premiando os piores parlamentares do Brasil. Assim a bancada da base de um eventual governo Dilma ficaria ainda maior e os projetos da Revolução bolivariana seriam aprovados mais rapidamente e a Venezuela estaria no MERCOSUL.

Mesmo todos os problemas que existe no congresso. O congresso é uma casa totalmente importante para o funcionamento da democracia. Saber escolher o seu parlamentar é uma função muito importante. Eu recomendo votar em deputados e senadores que não ficam pulando de galho em galho, ficando com quem dar mais. Não vote em quem é tolerante ao MST , não vote em quem apóie a censura a imprensa , não vote em quem apoiaria a entrada da Venezuela no MERCOSUL, escolha um parlamentar que trabalhe para diminuir a burocracia , lute por menos impostos e menos gastos públicos.
Não votem naquele homem” bonzinho” estilo Suplicy e Luiz Couto, eles apóiam terroristas como Cesare Batist, Achille Lollo, Chavez, Fidel e MST.

Nunca o poder judiciário foi tão politizado como hoje, a maioria dos cargos da alta instancia são nomeados por politicos e naturalmente essa pessoa vai ter uma gratidão com quem foi responsável pela sua indicação ao cargo.
Não sou contra esse modelo atual, acho que esse modelo é o mais democrático, uma vez que os cargos nomeados pelos políticos tem uma participação indireta do povo, já que o povo é quem elege os políticos. Neste caso o perigo existe quando um determinado partido político passa muitos anos no poder e tem a chance de controlar 100% do STF, como é o caso atual, caso o PT passe mais 4 ou 8 anos. Provavelmente o Brasil seria o único pais democrático no mundo em que 100% da suprema corte tenha sido indicada pelo partido do presidente em exercicio.
O caminho que estamos seguindo , esta levando o Brasil a ter os 3 poderes unidos com a mesma bandeira. A bandeira do PT e alidados.